Quais são os riscos de trabalhar sem emitir nota fiscal? Entenda

A nota fiscal é uma ação que deve ser comum em todos os estabelecimentos comerciais, bem como em empresas e pessoas jurídicas prestadoras de serviços. No entanto, mesmo sendo uma regra, alguns empreendedores ainda se arriscam em trabalhar sem emitir nota fiscal, o que é totalmente irregular.

Isso porque a nota fiscal é o único meio do governo (seja ele municipal, estadual ou federal), controlar as movimentações comerciais de um estabelecimento, sabendo exatamente o quanto de impostos deverá ser repassado posteriormente. Por isso, quando uma empresa não emite nota fiscal, ela está descumprindo a lei, atuando como uma infratora, correndo grandes riscos.

Quais são os principais riscos?

Dentre os principais riscos que se corre quando se deixa de emitir a nota fiscal, é a cobrança de multas. Assim que os órgãos fiscais tiverem conhecimento da infração, eles vão fazer buscas para conseguir identificar o valor e a quantidade de mercadorias ou serviços que foram vendidos sem nota fiscal, e assim, cobrar uma multa de acordo com o valor levantado.

Não há como saber exatamente o valor dessas multas, mas pode ter certeza de que você se arrependerá de não andar em dia e pagar os impostos necessários, pois o preço das multas cobradas pela omissão das notas fiscais é bem mais alta do que o valor dos impostos cobrados.

Mas os riscos por deixar de emitir a nota fiscal não param por aqui. Além das multas, existe ainda uma série de desvantagens que podem afetar diretamente o seu negócio, ou seja, correr todos esses riscos não vale a pena e pode fazer com que o seu negócio afunde cada vez mais.

E as multas?

Além de poder se sujeitar até cinco anos consecutivos de multa, deixar de emitir a nota fiscal também é um dos fatores que faz com que você perca uma boa quantidade de vendas. Isso porque os seus melhores clientes são aqueles que compram com frequência e em grandes quantidades. No entanto, esses consumidores precisam de uma garantia, pois caso ocorra algum problema, eles podem recorrer. A garantia dos seus clientes é a nota fiscal, pois ela registra a compra e permite trocas dentro do prazo estabelecido. Portanto, se você se nega a dar a nota fiscal, o cliente pode desistir de comprar.

Essa desvantagem associada à perda de vendas vai muito além, porque você não perde apenas um cliente, mas perde todos os demais que tomarem conhecimento da sua atuação ilegal. Isso sem contar que você e a sua empresa ficará muito mal falada no mercado, o que vai afastar ainda mais os possíveis novos consumidores.

Ou seja, por não emitir a nota fiscal, você pode sair perdendo muito mais, colocando em risco não só o seu empreendimento, mas também a sua reputação. Será que vale a pena correr todos esses riscos? É claro que não! E se você pensa que pode continuar atuando ilegalmente que ninguém vai descobrir, saiba que os órgãos fiscais estão cada vez mais atentos e dedicam boa parte do tempo indo atrás desses infratores, portanto, se não quer ter prejuízos no futuro, é melhor começar a seguir as normas e emitir as notas fiscais como se deve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *